Macri é derrotado e Fernández é eleito presidente da Argentina

Vitória confirma pesquisas que apontavam a volta dos peronistas ao poder; com mais de 88% das urnas apuradas, Fernández tem 47,8% dos votos

São Paulo — Às 22h13 deste domingo (27), com 88% das urnas apuradas, Alberto Fernández, que tem a ex-presidente argentina Cristina Kirchner como vice, foi eleito o novo presidente da Argentina, derrotando, assim Mauricio Macri e confirmando pesquisas que apontavam uma vitória peronista e a volta da esquerda ao poder no país.

As pesquisas, mesmo tendo previsto a vitória da esquerda, apontavam uma diferença de votos com muito mais folga para o kirchnerista do que o que realmente aconteceu. Fernández obteve 47,8% dos votos. Já Macri, 40,8%.

Na Argentina, vence no primeiro turno o candidato que tiver mais do que 45% dos votos.

“Lula Livre”

Mais cedo, Fernández publicou em seu perfil no Twitter uma mensagem de aniversário para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que completa 74 anos neste domingo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.