China lança seguro anti-poluição para férias prejudicadas

Turistas podem receber valor de uns 50 iuanes (R$ 18) por dia de viagem turística em que poluição seja prejudicial para a saúde e também para suas fotos

Pequim - Os problemas ambientais na China não causam danos apenas à saúde, mas também a setores econômicos como o turístico, e algumas agências do país começaram a oferecer aos viajantes a possibilidade de ser indenizados se suas visitas forem arruinadas pela poluição.

Pioneiras nesse novo tipo de seguro são a agência de viagens chinesa Ctrip, especializada em reservas pela internet, e o gigante assegurador Ping An, que se uniram para começar a vender este seguro "anti-poluição" aos viajantes, informa hoje a agência oficial "Xinhua".

A um preço de entre 10 ou 15 iuanes diários (R$ 3,70 a R$ 5,60) os turistas podem receber uma compensação de uns 50 iuanes (R$ 18) por cada dia de viagem turística em que a poluição atmosférica seja especialmente prejudicial para a saúde e também para suas fotos.

"A contaminação pode arruinar uma viagem, portanto estamos tentando dar alguma compensação de certo modo", disse à "Xinhua" Yann Xin, porta-voz da Ctrip, quem ressaltou que com esta iniciativa também querem contribuir para uma maior conscientização nacional sobre os problemas ambientais.

A agência também informou que muitos clientes mostraram interesse no novo seguro, e que os primeiros a adquiri-lo foram três turistas de Xangai para uma viagem a Pequim (cidade que, após uma semana de céu azul, voltou hoje a estar envolvida em um nevoeiro tóxico).

Para poder cobrar o seguro, um turista em Pequim ou Xian, cidades do norte da China com altos níveis de poluição, precisam ser afetados por vários dias em que o Índice de Qualidade de Ar for superior a 200 (nível "fortemente contaminado" no padrão nacional), enquanto em cidades do sul, como Xangai e Cantão, bastaria que o índice passasse de 100 pontos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.