A página inicial está de cara nova Experimentar close button

China investiga empresas de fertilizantes suspeitas de aumentar preços

A investigação é a mais recente de uma série de medidas tomadas pelas autoridades chinesas diante da disparada nos preços de fertilizantes e outras commodities

O órgão regulador de mercado da China anunciou nesta quarta-feira que deu início a uma investigação contra produtoras e distribuidoras de fertilizantes suspeitas de aumentar os preços dos insumos.

A investigação é a mais recente de uma série de medidas tomadas pelas autoridades chinesas diante da disparada nos preços de fertilizantes e outras commodities, o que elevou os custos para os consumidores.

Ao anunciar a investigação em comunicado publicado em seu website, a Administração Estatal para Regulação do Mercado também disse que continuará atenta aos preços dos fertilizantes, punindo atos ilegais como entesouramento, aumento de preços e conluio para formação de preços.

Os preços dos fertilizantes na China --um dos maiores produtores de grãos do mundo-- atingiram níveis recordes neste ano, em meio à redução da produção doméstica, à maior demanda externa e aos altos custos com a energia. As recentes inundações na província de Henan, na região central do país, também afetaram a produção.

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC, na sigla em inglês), órgão estatal de planejamento da China, disse na semana passada que convocou empresas de fertilizantes para uma discussão sobre entesouramento e especulação de preços.

Diante disso, algumas das principais empresas de fertilizantes da China disseram que vão suspender exportações temporariamente para garantir o abastecimento do mercado interno, segundo a NDRC.

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também