Cheques assinados são encontrados no Muro das Lamentações

507 cheques foram descobertos em um envelope no local sagrado da Cidade Antiga de Jerusalém e foram entregues à polícia por um "bom samaritano"

Jerusalem – A polícia de Jerusalém investigava esta quarta-feira o aparecimento de cheques assinados no valor de cerca de meio bilhão de dólares encontrados no Muro das Lamentações.

Os 507 cheques foram descobertos em um envelope no local sagrado da Cidade Antiga de Jerusalém e foram entregues à polícia por um “bom samaritano”, informou, em um comunicado a Fundação do Patrimônio do Muro das Lamentações.

“O descobridor honesto da fortuna a entregou ao departamento de propriedades perdidas da polícia. Por enquanto os cheques esperam ser recuperados por quem o perdeu”, destacou o comunicado.

O porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld, confirmou a descoberta incomum no Muro, onde fiéis costumam depositar bilhetes com suas preces ao invés de cheques com as economias de uma vida.

“Um envelope foi encontrado no Muro das Lamentações. Dentro do envelope havia centenas de cheques, cada um com uma quantia próxima a um milhão de dólares”, disse Rosenfeld à AFP.

O envelope “foi levado ao serviço de ‘achados e perdidos’ e no momento estamos averiguando a origem de cada cheque e se eles são reais ou não, mas por enquanto parecem genuínos”, acrescentou.

Rosenfeld, afirmou que os cheques eram de países diferentes, embora a Fundação do Patrimônio do Muro das Lamentações os tenha descrito como “cheques nigerianos”.

“De tempos em tempos, o Muro recebe donativos de países africanos”, ressaltou a polícia no comunicado. “Mas a maioria deles é sem fundos”.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.