Chanceler britânico pede para Rússia se retirar da Crimeia

Ministro das Relações Exteriores do Reino Unido declarou que está profundamente preocupado com a crise na Ucrânia

Londres - O ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, William Hague, declarou nesta segunda-feira que está "profundamente preocupado" com a crise na Ucrânia e pediu à Rússia evitar uma intervenção na república autônoma ucraniana da Crimeia.

Em declarações à "BBC" desde Kiev, Hague advertiu que Moscou pode enfrentar "custos significativos" e considerou o comportamento da Rússia como "inaceitável", ao argumentar que o governo russo "tomou o controle" da Crimeia.

O ministro, que se encontra na Ucrânia para se reunir com autoridades do governo interino, disse que a situação possui um "risco constante", já que, segundo ele, a situação pode ficar de controle.

Hague destacou a resposta moderada do governo interino ucraniano diante das "provocações" do governo russo, mas disse se sentir muito "muito preocupado" com a atitude da Rússia.

"Se a Rússia continuar nesta direção, teremos que ser claros ao dizer que esta não é uma maneira aceitável de dirigir as relações internacionais. Isto é algo que a Rússia deve reconhecer", disse o chanceler britânico.

"Certamente, haverá custos significativos", especificou Hague, que não descartou a possibilidades de sanções econômicas.

Em Londres, o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, informou hoje que presidirá uma reunião do Conselho Nacional de Segurança, integrado por destacados ministros, para avaliar uma possível "resposta britânica e internacional à grave situação na Ucrânia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.