Casos na Alemanha sobem acima do limite de hospitais; país cogita lockdown

Os números elevaram a média de contaminações a cada 100 mil habitantes dos últimos sete dias no país para 103,9 acima do limite estabelecido para sobrecarga do sistema de saúde alemão, de 100

A Alemanha reportou um aumento de 13.733 casos de covid-19 e mais 99 mortes pela doença, para um total 2.659.516 de infectados e 74.664 óbitos, segundo a última atualização do Instituto Robert Koch (RKI, na sigla em inglês), uma agência estatal de saúde. Os números elevaram a média de contaminações a cada 100 mil habitantes dos últimos sete dias no país para 103,9 acima do limite estabelecido para sobrecarga do sistema de saúde alemão, de 100.

Segundo a Reuters, isto eleva a pressão política na Alemanha pela adoção de uma nova quarentena. Lideranças nacionais e regionais vão se reunir por videoconferência na segunda-feira, 22, para decidir sobre uma próxima rodada de restrições para frear o avanço do vírus. Na última reunião, no início de março, eles concordaram por uma reabertura cautelosa, apesar das objeções da chanceler Angela Merkel, que alertou para o surgimento de variantes mais infecciosas do novo coronavírus.

No Japão, porém, a situação é inversa, e o governo deve anunciar amanhã o fim do estado de emergência adotado em algumas das regiões mais populosas do país, incluindo Tóquio e outras três prefeituras vizinhas. O premiê Yoshihide Suga afirmou que a população "não deve baixar a guarda" após as medidas de segurança sanitária serem suspensas, de forma a "evitar que as infecções voltem".

A Índia registrou na manhã de hoje seu maior número de casos diários de coronavírus dos últimos quatro meses, de acordo com a Associated Press. 43.846 novos casos foram reportados nas últimas 24 horas pelo Ministério da Saúde do país, o pior aumento em um único dia desde meados de novembro. O estado central de Maharashtra, lar da capital financeira da Índia, Mumbai, é responsável por mais da metade das novas infecções. Ao todo, o governo do país já contabilizou 11.599.130 de casos de covid-19, sendo que 159.755 destes resultaram em óbito.

A Turquia também tem registrado uma alta nas contaminações, em especial na região da capital Istambul. Os dados do Ministério da Saúde local mostram que a taxa de infecções por 100 mil habitante subiu para 251 na noite de sábado, um aumento de 41% desde a semana anterior. O recrudescimento da pandemia ocorre à medida que o governo do presidente Recep Tayyip Erdogan relaxa medidas restritivas após pressão de empresários.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.