Caso Arafat poderá ser o primeiro dos palestinos no TPI

''Quando tivermos provas, iremos ao Tribunal Penal Internacional para averiguar quem está por trás deste assassinato'', assegurou o chefe da investigação palestina

Ramala (Cisjordânia) - O possível envenenamento do histórico líder Yasser Arafat poderá ser o primeiro caso que os palestinos levarão ao Tribunal Penal Internacional (TPI) após seu reconhecimento como Estado observador por parte da Assembleia Geral da ONU na próxima quinta-feira.

Assim anunciaram os responsáveis da comissão da Autoridade Nacional Palestina (ANP) encarregada da investigação após a exumação dos restos mortais de Arafat, realizada nesta terça-feira em Ramala com a colaboração de três equipes de especialistas (suíços, franceses e russos).

''Quando tivermos provas, iremos ao Tribunal Penal Internacional para averiguar quem está por trás deste assassinato'', assegurou o chefe da investigação palestina, Taufik Tiraui, que também anunciou que os resultados das análises das amostras recolhidas hoje só serão anunciados ''depois de três meses''.

Segundo os responsáveis palestinos, ao contrário do previsto inicialmente, o cadáver de Arafat não foi extraído completamente de seu túmulo no mausoléu de Ramala. Para recolher as mais de 20 amostras, os especialistas precisaram apenas içá-lo alguns metros.

As mostras recolhidas foram distribuídas em partes iguais entre as quatro equipes de pesquisa: a francesa, a suíça, a russa e a palestina.

''Seu corpo não foi tocado por outras mãos a não ser as palestinas'', ressaltou o ministro da Justiça da ANP, Ali Muhana, que precisou que os investigadores não buscarão unicamente vestígios de polônio, mas ''de qualquer outra substância tóxica que possa ser encontrada''. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.