EUA ameaçam Ucrânia com sanções se violência continuar

Casa branca apelou para que o governo ucraniano revogue a legislação antidemocrática recentemente aprovada

Washington - A Casa Branca condenou nesta quinta-feira a violência em Kiev, instou todos os lados envolvidos a se acalmarem e ameaçou impor sanções contra a Ucrânia se a situação no país não melhorar.

O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, disse em entrevista que as tensões no país são um resultado direto da falha do governo em tomar conhecimento das "legítimas" reivindicações de seu povo.

Os Estados Unidos apelaram para que o governo ucraniano revogue a legislação antidemocrática recentemente aprovada, disse Carney.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.