Campeonato Egípcio é suspenso após distúrbios

O presidente da federação, anunciou o cancelamento e a abertura de 'uma investigação urgente dos eventos, por um comitê de investigação para mostrar a verdade ao público'

Cairo - A Federação Egípcia de Futebol decidiu suspender o campeonato local por tempo indeterminado por conta da confusão ocorrida nesta quarta-feira na partida entre Al-Ahly e Al-Masry, que deixou pelo menos 73 mortos e 136 feridos, segundo o delegado de Saúde da cidade, Helmy Ali Al Afny.

Em declarações ao canal de televisão do Al-Ahly, o presidente da federação, Samir Zaher, anunciou o cancelamento e a abertura de 'uma investigação urgente dos eventos, por um comitê de investigação para mostrar a verdade ao público'.

A Polícia egípcia informou à Agência Efe que junto ao Exército contou a situação da segurança no local. O chefe da Junta Militar do país, Mohammed Hussein Tantawi, ordenou que dois helicópteros do Exército fossem deslocados a Port Said para levar até o Cairo a do Al-Ahly e a seus torcedores.

As torcidadas do Al-Masry e do Al-Ahly mantêm há muito tempo um clima hostil que já causou choques entre elas e apedrejamentos dos ônibus das equipes. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.