Calor intenso provoca consumo recorde de energia em 2 dias

Segundo o boletim do Operador Nacional do Sistema Elétrico, o Brasil alcançou um pico de consumo de 82.306 megawatts

São Paulo - O calor intenso fez com que o consumo de energia elétrica batesse dois recordes seguidos nesta semana, na terça e na quarta-feira, segundo um boletim divulgado nesta quinta-feira pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Segundo o boletim, o Brasil alcançou um pico de consumo de 82.306 megawatts às 15h30 da quarta-feira, que superou o recorde anterior de 81.591 megawatts, atingido às 15h21 do dia anterior.

É a terceira vez neste ano que se estabelece um recorde de consumo. O anterior ao recorde de terça-feira era de 10 de janeiro, com 79.962 megawatts.

A elevação, de acordo com o ONS, foi motivada pelas altas temperaturas principalmente nas capitais das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com destaque para Porto Alegre e Rio de Janeiro.

O ONS já havia advertido que o consumo de energia elétrica no ano deve aumentar 4,3%. EFE

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.