A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Brasil enviará 53 mil toneladas de alimentos à Somália e Etiópia

Ajuda será feita através da ONU; região enfrenta crise alimentar

Rio de Janeiro - O Governo anunciou nesta quinta-feira que aprovou o envio de 53 mil toneladas de alimentos à Somália e Etiópia, que enfrentam uma série crise de fome no leste da África.

As doações serão realizadas através do Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas, organismo que coordena a ajuda internacional. No total, serão enviadas 38 mil toneladas de alimentos à Somália e as 15 mil toneladas restantes serão destinadas aos campos de refugiados na Etiópia.

Na semana passada, a ONU declarou o estado de crise de fome em duas regiões do sul da Somália, Bakool e Baixa Shabelle e, desde então, o PMA arrecadou US$ 252 milhões de diversas fontes, segundo informou nesta quinta-feira o organismo, que desde quarta-feira conseguiu estabelecer uma ponte aérea entre Nairóbi e Mogadíscio para canalizar as ajudas.

Quase a metade da população somali, cerca de 3,7 milhões de pessoas, se encontra em uma situação crítica pela falta de alimentos.

A crise de fome se estende a grande parte da região do Chifre da África devido a uma seca persistente, a pior em 60 anos, segundo a ONU.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também