Boris Johnson tem plano para 35 milhões de britânicos entrarem em forma

Objetivo do programa é incentivar que mais da metade da população do Reino Unido perca peso e viva de forma mais saudável em tempos de pandemia
Boris Johnson: coronavírus mostrou a importância de controlar o peso (Hannah Mckay/Reuters)
Boris Johnson: coronavírus mostrou a importância de controlar o peso (Hannah Mckay/Reuters)
Por AFPPublicado em 26/07/2020 12:45 | Última atualização em 26/07/2020 12:45Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, deve anunciar na segunda-feira (27) um grande plano de luta contra o sobrepeso no Reino Unido, após a divulgação de um estudo que destaca a obesidade como fator agravante do novo coronavírus. "A covid-19 nos lembrou dos riscos imediatos e de longo prazo do excesso de peso", disse um porta-voz do governo neste domingo (26).

"Vamos pedir aos cidadãos que aproveitem esse momento para refletir sobre seu modo de vida e adotarem medidas simples para perder peso, viver de forma saudável e reduzir a pressão sobre o NHS [o serviço de saúde pública britânico]", completou o porta-voz.

Com um financiamento de 10 milhões de libras (cerca de 66,5 milhões de reais), segundo o jornal The Guardian, o plano denominado "Em melhor saúde" tem como objetivo ajudar 35 milhões de pessoas - mais da metade da população do país - a perder peso e a viver de forma mais saudável.

Entre as medidas esperadas estão, segundo a imprensa local, a proibição total de publicidade on-line de alimentos não saudáveis e antes das 21h na televisão; a obrigação de restaurantes e de locais que entregam comida de tornarem público o número de calorias de suas refeições; ou ainda que as lojas façam o mesmo em suas garrafas de bebida alcoólica.