Bomba explode no Chile e mata homem que a manuseava

Evento segue uma série de explosões de bombas nos últimos anos no Chile, geralmente atribuídas a anarquistas

Santiago - Um dispositivo explosivo caseiro explodiu na capital chilena, Santiago, na madrugada desta quinta-feira, matando um homem que parecia estar manuseando o material, segundo a polícia da cidade.

O homem, que não foi identificado, morreu de queimaduras graves depois que o dispositivo explodiu na rua no bairro central de Yungay, disse a polícia.

O evento segue uma série de explosões de bombas nos últimos anos no Chile, em sua maioria de baixo potencial, geralmente atribuídas a anarquistas.

No início deste mês 14 pessoas ficaram feridas quando uma bomba explodiu perto de uma estação de metrô, no pior ataque desse tipo no país desde o retorno à democracia, em 1990.

Duas pessoas foram detidas e estão sendo mantidos na prisão, enquanto os procuradores investigam o caso.

O homem que morreu nesta quinta-feira "parece que estava manipulando um dispositivo caseiro explosivo e, nesse momento, ele explodiu", disse o promotor Claudio Orellana.

A explosão aconteceu por volta da 1 hora local (a mesma pelo horário de Brasília) e assustou os moradores da área.

A polícia, que está em alerta máximo após os recentes ataques, isolou a área enquanto procurava outros possíveis dispositivos.

Segundo a polícia, o homem tem entre 20 e 30 anos de idade e foi levado para um hospital, onde morreu em consequência dos ferimentos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.