Biden promete vacina para todos os adultos até 1º de maio e quer 4 de julho "com churrasco"

Segundo o presidente, o objetivo do governo é manter ou superar a meta de distribuir 2 milhões de doses dos imunizantes por dia

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta quinta-feira (11) que pretende ter vacinas contra o coronavírus disponíveis para todos os cidadãos adultos do país até o fim de maio. Em pronunciamento nacional, o mandatário disse que os recentes acordos com farmacêuticas como a Johnson & Johnson vão permitir atingir a meta.

"Quando eu assumi a Presidência, tinha uma meta que muitos consideraram exagerada de administrar 100 milhões de doses nos meus 100 primeiros dias de mandato. Hoje, posso dizer que vamos superar essa meta e administrar 100 milhões de doses até o meu 60º dia no cargo", disse Biden.

Segundo o presidente, o objetivo do governo é manter ou superar a meta de distribuir 2 milhões de doses dos imunizantes por dia. Em dezembro, antes de tomar posse, ele havia prometido uma média de 1 milhão de doses administradas por dia.

Biden disse que vai orientar Estados e territórios a tornarem todos os cidadãos adultos do país aptos para vacinação até 1º de maio. Isso, segundo Biden, quer dizer que até o início do mês todos poderão entrar na fila para receber imunizantes.

Com este objetivo em mente, Biden sugeriu que os americanos poderão comemorar o dia nacional de 4 de julho em pequenos grupos em torno de um tradicional churrasco.

O presidente dos Estados Unidos afirmou que a luta contra a covid-19 "está longe ter acabado". “Temos que trabalhar para garantir que todos tenham confiança na segurança e eficácia das três vacinas” que estão sendo distribuídas nos Estados Unidos, o país com o maior número de mortes pelo novo coronavírus no mundo.

Ele alertou que "as condições podem mudar" e que os cientistas apontaram que as coisas podem piorar novamente, se novas variantes do vírus se espalharem.

Nesse sentido, Biden pediu aos americanos que continuem a respeitar as medidas de precaução, como lavagem das mãos, distanciamento social e uso de máscaras.

"Assim como estamos saindo de um inverno sombrio para uma primavera promissora, o verão não é o momento de jogar fora as regras", concluiu o presidente.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também