Biden diz que apoia 'fortemente' pedidos de Finlândia e Suécia para Otan

"Ao aderir à Otan, eles fortalecerão ainda mais nossa cooperação de defesa", afirma o presidente dos Estados Unidos
 (Evelyn Hockstein/Reuters)
(Evelyn Hockstein/Reuters)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 18/05/2022 14:26 | Última atualização em 18/05/2022 14:26Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou hoje que apoia "calorosamente" e "fortemente" os pedidos da Finlândia e da Suécia para adesão à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Por meio de comunicado divulgado pela Casa Branca, o chefe do executivo americano destacou que está ansioso para trabalhar com o Congresso dos Estados Unidos a fim de trazer rapidamente os dois países para a aliança.

"Ao aderir à Otan, eles fortalecerão ainda mais nossa cooperação de defesa", afirma. "Juntamente com nossos aliados, os Estados Unidos manterão sua robusta atividade de exercícios e presença na região do Mar Báltico", completa.

Além disso, Biden comentou que vai receber o presidente da Finlândia, Sauli Niinistö, e a primeira-ministra da Suécia, Magdalena Andersson, em Washington amanhã para "consultar mais sobre suas aplicações na Otan e segurança europeia".

(Estadão Conteúdo)

LEIA TAMBÉM: