Bersani assume responsabilidade e propõe reformas

Em seu primeiro comparecimento público após ser divulgado os resultados da votação, Bersani reconheceu que as eleições representaram uma rejeição à atual política

Roma - O líder da centro-esquerda da Itália, Pier Luigi Bersani, afirmou nesta terça-feira que assume a responsabilidade como líder da coalizão mais votada nas eleições gerais do país e anunciou que irá propor ao novo Parlamento um plano de governo com uma série de reformas.

Em seu primeiro comparecimento público após ser divulgado os resultados da votação, Bersani reconheceu que as eleições representaram uma rejeição à atual política. O líder disse que era consciente do "dramatismo" e dos "riscos" que existem para a Itália com o temor da ingovernabilidade, mas que apesar disso não quer se submeter a "diplomacias".

"Para nós se trata de perceber com simplicidade e consciência o que sai destas eleições, insistindo na vontade de sermos úteis ao nosso país. Nós, de todas as maneiras, recebemos destas eleições um grande senso de responsabilidade", afirmou Bersani. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também