Bélgica solta 6 suspeitos de atentado em trem Amsterdã-Paris

Os detidos, que abriram fogo em 2015 em trem que viajava no norte da França, saíram sem acusações

A procuradoria federal belga anunciou a libertação sem acusações das seis pessoas detidas nesta segunda-feira em Bruxelas como parte da investigação do ataque fracassado em um trem Thalys de alta velocidade procedente de Amsterdã com destino a Paris em 2015.

As seis pessoas foram interrogadas antes de serem libertadas, indicou a procuradoria, que afirmou que "não foram encontrados nem armas, nem explosivos" na operação desta segunda.

Em 21 de agosto de 2015, três americanos, incluindo dois soldados, impediram um ataque em um trem Thalys, ao dominar o atacante que abriu fogo quando o trem viajava pelo norte da França. Duas pessoas ficaram feridas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.