Ban: comunidade internacional deve ter uma só voz na Síria

O secretário-geral das Nações Unidas afirmou nesta terça-feira que a situação do país é 'inaceitável'

Jacarta - O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, afirmou nesta terça-feira que a situação da Síria é 'inaceitável' e pressionou a comunidade internacional a atuar com uma só voz para acabar com o conflito.

'Não há tempo para esbanjar nem perder. Só um minuto, uma hora de atraso, representará a morte de mais pessoas', declarou Ban durante uma conferência na localidade indonésia de Bogor, nos arredores de Jacarta.

Ban explicou, depois de se reunir com o presidente indonésio, Susilo Bambang Yudhoyono, que as prioridades da ONU são frear a violência e estabelecer um diálogo político.

Yudhoyono, por sua vez, assinalou que a Indonésia respeita a soberania síria, mas apelou à comunidade internacional que ponha fim à 'tragédia humanitária'.

'Somente porque não somos capazes de alcançar uma resolução da ONU, não significa que a população síria deva seguir sofrendo', acrescentou em referência à divisão no Conselho de Segurança das Nações Unidas, depois que Rússia e China vetaram duas resoluções de condenação ao regime sírio por violações dos direitos humanos.

Desde o início da revolta popular contra o presidente sírio, Bashar al-Assad, o regime acusou 'grupos terroristas' de produzir uma espiral de violência que já matou mais de oito mil pessoas, segundo dados da ONU. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.