Avião cai no Texas e todos os 21 passageiros a bordo sobrevivem

Segundo os bombeiros, todos os passageiros e a tripulação conseguiram sair da aeronave antes que se incendiasse
Um avião com 21 pessoas a bordo caiu nesta terça-feira ao decolar perto de Houston, Texas, e todos os passageiros e a tripulação conseguiram sair da aeronave antes que se incendiasse, informaram os bombeiros. (Reprodução/Reuters)
Um avião com 21 pessoas a bordo caiu nesta terça-feira ao decolar perto de Houston, Texas, e todos os passageiros e a tripulação conseguiram sair da aeronave antes que se incendiasse, informaram os bombeiros. (Reprodução/Reuters)
A
AFPPublicado em 19/10/2021 às 20:22.

Um avião com 21 pessoas a bordo caiu nesta terça-feira (19) ao decolar perto de Houston, Texas, e todos os passageiros e a tripulação conseguiram sair da aeronave antes que se incendiasse, informaram os bombeiros.

Imagens de televisão mostraram bombeiros jogando água nos destroços em chamas do avião, que cruzou uma cerca e parou em uma estrada rural cercada por árvores e arbustos.

A fuselagem foi queimada até as cinzas e apenas parte da cauda ficou inteira, enquanto fumaça preta saía dos destroços.

O avião - um bimotor McDonnell Douglas, de acordo com um funcionário local - foi quase totalmente destruído pelas chamas, segundo imagens impressionantes divulgadas pelos serviços de emergência. Há apenas um ferido registrado, disse o Departamento de Bombeiros de Katy, ao oeste de Houston.

"Felizmente os 21 passageiros, incluindo os três tripulantes, foram registrados como retirados deste bimotor pouco antes que fosse tomado pelas chamas", disseram os bombeiros.

O avião McDonnell Douglas caiu quando decolava no Aeroporto Executivo de Houston, Brookshire, com destino a Boston, disseram as autoridades.

No avião viajavam pessoas que compareceriam à noite ao jogo de beisebol entre os Astros de Houston e os Red Sox de Boston.

O KHOU News de Houston informou que o proprietário do avião, James Alan Kent, estava a bordo.

Tim Gibson, diretor dos serviços de emergência do condado de Waller Harris, disse que "estavam atordoados, muito atordoados, mas saíram por conta própria".

"Sempre esperamos o pior, mas desejamos o melhor; hoje obtivemos de forma absolutamente positiva o melhor resultado que podemos esperar neste incidente", reconheceu Gibson em coletiva de imprensa.

Ele confirmou que as equipes de bombeiros extinguiram o incêndio "após um grande esforço" para controlar a queima de combustível.

As autoridades disseram que um dos passageiros era um menino de 10 anos e que duas pessoas foram levadas para tratamento de ferimentos leves, como dores nas costas, após o acidente.

"O avião não atingiu altitude no final da pista e cruzou a Morton Road, parando no campo logo ao norte do aeroporto, onde pegou fogo", disse o juiz Trey Duhon do condado de Waller no Facebook.

Quer saber tudo sobre a política internacional? Assine a EXAME e fique por dentro.