Baleias-piloto encalham na Tasmânia: como isso aconteceu?

Segundo as autoridades locais, apenas metade dos animais foram encontrados com vida
O grupo de baleias foi encontrado na região de Porto de Macquarie, na Tasmânia (Huon Aquaculture/Getty Images)
O grupo de baleias foi encontrado na região de Porto de Macquarie, na Tasmânia (Huon Aquaculture/Getty Images)
A
Antonio Souza

Publicado em 21/09/2022 às 10:45.

Última atualização em 21/09/2022 às 11:32.

Cerca de 230 baleias-piloto foram encontradas encalhadas na região da Tasmânia, Austrália, na manhã desta quarta-feira, 21. Segundo as autoridades locais, apenas metade dos animais foram encontrados com vida.

O grupo de baleias foi encontrado na região de Porto de Macquarie. Alguns moradores do local jogaram cobertores nas sobreviventes, além de baldes com água com o objetivo de mantê-las com vida. As imagens aéreas mostram a cena devastadora.

O que se sabe até o momento?

De acordo com o Biólogo Kris Carlyon, em uma entrevista para o jornal local, a causa mais comum é que as baleias se dirigiram até a costa para encontrar comida, conseguiram achar, porem não tiveram mais forças para voltar ao mar.

A região da Tasmânia é frequentemente atingida por encalho de animais marinhos. Na última semana cerca de 14 cachalotes foram encontrados mortos na praia de King Island, costa norte do estado. Outra região que sofre bastante com isso é a Nova Zelândia, onde quase 300 animais são encalhados a cada ano.

Veja também:

Furacão Fiona ganha força e avança para as Bermudas

Homem ateia fogo ao corpo em protesto ao funeral de Shinzo Abe