Atrás de Biden nas pesquisas, Trump muda de tom sobre uso de máscaras

Presidente americano expressou disposição em trabalhar com a China ou outros países para uma vacina contra coronavírus

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em uma mudança na retórica sobre protetores faciais, encorajou na terça-feira os americanos a usar máscara se não puderem manter distância social das pessoas a seu redor, em um esforço para conter a disseminação do coronavírus.

Em seu primeiro briefing focado na pandemia em meses, Trump disse a repórteres na Casa Branca que a situação do vírus provavelmente vai piorar antes de melhorar.

Trump tem relutado em usar máscara em público.

O presidente americano expressou disposição em trabalhar com a China ou outros países para uma vacina contra o coronavírus, apesar do aumento de tensões entre Pequim e Washington.

"Estamos dispostos a trabalhar com qualquer um que nos consiga um bom resultado", disse Trump, ao ser perguntado sobre se o governo iria colaborar com a China em uma vacina para os americanos, se a China fosse a primeira a desenvolvê-la.

Os comentários vieram um dia após pesquisadores afirmarem que a vacina para o coronavírus desenvolvida pela chinesa CanSino Biologics em parceria com uma unidade militar de pesquisas da China parecia ser segura e induziu respostas imunológicas na maioria dos voluntários em um estudo em fase intermediária e que está sendo acompanhado de perto.

A candidata da CanSino é uma de uma série de potenciais vacinas que têm se mostrado promissoras nos primeiros testes envolvendo seres humanos.

Trump há tempos culpa a China por conduzir mal a pandemia do coronavírus, que se originou na cidade chinesa de Wuhan e já matou mais de 140.000 pessoas nos Estados Unidos.

"Eu acredito que teremos resultados muito bons. Já estamos na fase de testes. Ninguém pensou que seria possível", disse. "Acredito que vocês verão algo em um período razoavelmente curto de tempo que tenha a ver com terapias e vacinas que são muito boas", ponderou Trump.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.