Mundo

Atirador invade escola na Rússia e deixa 13 mortos

Pelo menos outras 20 pessoas ficaram feridas no atentado, que ocorreu na manhã desta segunda; há crianças entre as vítimas fatais

Por Estadão Conteúdo
Publicado em 26/09/2022 08:42
Última atualização em 26/09/2022 11:07

Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Um atirador invadiu uma escola na cidade de Izhevsk, na Rússia, e matou 13 pessoas, de acordo com as primeiras informações repassadas pelas autoridades locais.

Há crianças entre as vítimas fatais. Pelo menos outras 20 pessoas ficaram feridas no atentado, que ocorreu na manhã desta segunda-feira, 26.

O ataque foi confirmado pelo governador de Udmúrtia - Estado onde ocorreu o crime, Alexander Brechalov.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Em comunicado em vídeo, ele informou que um atirador ainda não identificado invadiu a instituição de ensino nº 88 de Izhevsk, onde há turmas do 1° ao 11° ano. Entre as vítimas está também o guarda que fazia a segurança do local.

De acordo com o governador e a polícia local, o atirador se matou logo em seguida. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram a movimentação em frente à escola após o tiroteio e o socorro às vítimas.

A escola foi evacuada e a área ao redor do foi cercada. Não foram divulgados detalhes sobre o atirador ou o que pode ter motivado o atentado.

Izhevsk, uma cidade de 640 mil habitantes, está localizada a oeste dos Montes Urais, no região central da Rússia, a cerca de 960 quilômetros a leste de Moscou.


Veja Também