Ataques em Atlanta deixam 8 mortos. O que se sabe até agora

Autoridades investigam se os crimes tiveram motivação racial; suspeito foi preso após perseguição

Oito pessoas, seis delas mulheres de ascendência asiática, foram mortas a tiros em uma série de ataques em spas dentro e nos arredores da cidade norte-americana de Atlanta, e um homem suspeito de ter feito os disparos foi preso no sul da Geórgia, disse a polícia.

Embora as autoridades não tenham informado um motivo para o episódio de violência, os ataques levaram a unidade de contraterrorismo do departamento de polícia de Nova York a anunciar a mobilização de tropas adicionais em comunidades asiáticas locais por precaução.

O Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul disse que seu consulado-geral de Atlanta confirmou que entre as vítimas há quatro mulheres de ascendência coreana, mas que está verificando suas nacionalidades.

Os ataques começaram perto das 17h de terça-feira, quando quatro pessoas foram mortas e uma foi ferida a tiros na Young's Asian Massage do condado de Cherokee, cerca de 64 quilômetros ao norte de Atlanta, disse o capitão Jay Baker, do departamento do xerife do condado de Cherokee.

Duas mulheres de ascendência asiática estavam entre os mortos no local, assim como uma mulher branca e um homem branco, disse Baker, acrescentando que a vítima sobrevivente é um homem hispânico.

Em Atlanta, a capital estadual, policiais que responderam a um alerta de "assalto em andamento" pouco antes das 18h chegaram ao salão de beleza Gold Spa e encontraram três mulheres mortas a tiros, disse o chefe de polícia, Rodney Bryant, aos repórteres.

Enquanto investigavam o alerta inicial, os agentes foram chamados a outro spa, o Aromatherapy, do outro lado da rua onde outra mulher foi encontrada morta com ferimento de tiro, disse Bryant. As quatro mulheres mortas em Atlanta eram de ascendência asiática.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.