Mundo

Ataque em igreja na Austrália é tratado como terrorismo pelas autoridades

Incidente ocorreu na última segunda-feira, 15, e teve duas vítimas não fatais

Policiais protegem a igreja onde ocorreu a agressão no começo desta semana. (AP Photo/Mark Baker/AP)

Policiais protegem a igreja onde ocorreu a agressão no começo desta semana. (AP Photo/Mark Baker/AP)

Publicado em 16 de abril de 2024 às 06h47.

Um suspeito de 16 anos foi preso nesta terça-feira, 16, após o esfaqueamento de um padre e um bispo na igreja Christ the Good Shepherd, em Sydney, na Austrália. Espera-se que ambas as vítimas sobrevivam ao incidente, o qual está sendo tratado como terrorismo pelas autoridades.

Na segunda-feira, tanto os presentes na igreja quanto aqueles que assistiam online testemunharam uma pessoa vestida de preto se aproximar do altar e esfaquear o bispo Mar Mari Emmanuel e o padre Isaac Royel antes que a congregação pudesse impedi-la.

De acordo com a comissária de polícia de Nova Gales do Sul, Karen Webb, os comentários do suspeito indicam motivações religiosas para o ataque. Segundo ela, há certo grau de premeditação nas ações do rapaz, uma vez que a igreja não fica perto de sua casa e que ele levou uma faca ao local. Ela informou ainda que o adolescente era conhecido da polícia.

Conforme declarações do diretor geral da Organização Australiana de Inteligência de Segurança, Mike Burgess, por enquanto, não há indícios de que exista alguém na comunidade com intenções semelhantes às do jovem.

Respondendo ao ataque, o primeiro-ministro Anthony Albanese disse que "não há lugar para violência em nossa comunidade. Não há lugar para extremismo violento."

Paramédicos trataram trinta pessoas no local do incidente.

O ataque se segue a um incidente fatal ocorrido no último sábado, quando um indivíduo portando uma faca assassinou seis pessoas e feriu diversas outras em um shopping em Sydney antes de ser alvejada por um policial.

Com informações da AFP.

Acompanhe tudo sobre:AustráliaAtaques terroristasTerrorismoTerroristas

Mais de Mundo

Palácio de Buckingham revela 1º retrato oficial de rei Charles desde coroação

Oito pessoas morrem e 40 ficam feridas em grave acidente de ônibus na Flórida, EUA

Michael Cohen, ex-homem de confiança de Trump, volta ao tribunal

UE aprova em definitivo reforma da política migratória

Mais na Exame