Ataque dos Estados Unidos mata ao menos 30 agricultores no Afeganistão

O ataque americano com drones queria atingir um esconderijo do Estado Islâmico no Afeganistão

Um ataque com drone dos Estados Unidos com o objetivo de atingir um esconderijo do Estado Islâmico no Afeganistão matou pelo menos 30 civis que estavam descansando após um dia de trabalho no campo, disseram autoridades nesta quinta-feira.

O ataque na noite de quarta-feira também feriu 40 pessoas depois de atingir acidentalmente agricultores e trabalhadores que acabavam de colher pinhões em Wazir Tangi, na província de Nangarhar, no leste do país, disseram três autoridades afegãs à Reuters.

"Os trabalhadores acenderam uma fogueira e estavam sentados juntos quando um drone os atingiu", disse o ancião tribal Malik Rahat Gul à Reuters por telefone de Wazir Tangi.

O Ministério da Defesa do Afeganistão e um alto funcionário dos EUA em Cabul confirmaram o ataque com drone, mas não divulgaram detalhes das vítimas.

"As forças norte-americanas realizaram um ataque com drone contra terroristas do Daesh em Nangarhar", disse o coronel Sonny Leggett, porta-voz das Forças Armadas norte-americanas no Afeganistão, usando sigla do Estado Islâmico

"Estamos cientes das alegações de mortes de não combatentes e estamos trabalhando com autoridades locais para determinar os fatos".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também