Ataque a hotel na Tunísia deixa ao menos 27 mortos

País está em alerta desde março, quando atiradores militantes islâmicos atacaram o Museu Bardo, em Túnis

Túnis - Um ataque a um hotel no balneário tunisiano de Sousse matou pelo menos 27 pessoas, incluindo estrangeiros, disse um porta-voz do Ministério do Interior nesta sexta-feira.

Detalhes do ataque, que uma fonte de segurança no local e rádios relataram ter sido no hotel Imperial Marhaba, ainda estão sendo apurados.

O corpo de um dos atiradores está na cena do ataque com um fuzil de assalto Kalashnikov, após ter sido baleado durante troca de tiros com a polícia, disse a fonte.

Sousse é um dos balneários turísticos mais populares da Tunísia, atraindo visitantes da Europa e de países vizinhos do norte africano.

A Tunísia está em alerta desde março, quando atiradores militantes islâmicos atacaram o Museu Bardo, em Túnis, matando um grupo de turistas estrangeiros em um dos piores ataques em um década no país.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também