Arábia Saudita intensifica ataques no Iêmen

Os bombardeios ocorreram em resposta aos ataques realizados pelos rebeldes na fronteira, atingindo cidades sauditas

Riade, Arábia Saudita – A Arábia Saudita intensificou seus ataques aéreos contra o principal reduto dos rebeldes xiitas no Iêmen, a província de Saada, com aviões de guerra realizando mais de 50 ataques durante a madrugada desta sexta-feira, de acordo com autoridades sauditas e iemenitas.

Segundo a coalizão militar, os ataques ocorreram em resposta aos ataques realizados pelos rebeldes na fronteira, atingindo cidades sauditas.

Os ataques ocorreram em meio a uma decisão de uma pausa humanitária de cinco dias anunciada ontem pelo Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o ministro de Relações Exteriores da Arábia Saudita, Adel al-Jubeir, com o intuito de ajudar milhares de civis feridos pelo conflito que já matou mais de 1.400 pessoas desde que a campanha liderada pela Arábia Saudita começou, em 26 de março.

Também nesta sexta-feira, cerca de 6 mil manifestantes tomaram as ruas de Teerã, capital do Irã, em protesto aos ataques sauditas.

A multidão gritava “morte à América” e “morte à família Saud”, que comanda o reino da Arábia Saudita. O Irã tem apoiado os rebeldes no Iêmen, embora negue que tenha fornecido equipamentos militares. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.