Após 16 anos, Brasil voltará a presidir o G20 em 2024

A última vez em que o país liderou o grupo foi em 2008
 (Agence France-Presse/AFP)
(Agence France-Presse/AFP)
Por Da redaçãoPublicado em 31/10/2021 11:35 | Última atualização em 31/10/2021 11:39Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Depois de 16 anos, o Brasil voltará a ser presidente do grupo das 20 maiores economias do globo (G20). A última vez em que o País liderou o grupo foi em 2008, em momento que acabou por fortalecer a imagem brasileira no exterior.

A Indonésia assumirá a presidência do grupo em 2022, e na sequência a Itália. Antes do Brasil, será a Índia.

No preparativo para os próximos anos, o governo Brasileiro acordou com a Indonésia a construção de uma agenda de três anos para o G20. A proposta veio de um encontro bilateral com o ministro da Economia, Paulo Guedes e a ministra de Finanças da Indonésia, Sri Mulyani Indrawati.

Nos encontros de alto nível do G20, além de chefes de Estado e de governo, participam também as autoridades máximas de organismos multilaterais, como Fundo Monetário Internacional (FMI), Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e Banco Mundial, por exemplo.