Apagões mostram fragilidade em transmissão de energia

Falta de manutenção e investimentos em modernização do sistema de transmissão de energia como responsáveis pelos apagões, dizem especialistas

São Paulo - O sistema brasileiro de transmissão de energia ainda é vulnerável a falhas que podem deixar grandes regiões no escuro, avaliam especialistas, apesar de garantias do governo de que os blecautes recentes no Nordeste e na cidade de São Paulo foram incidentes isolados.

Especialistas ouvidos pela Reuters apontam para falta de manutenção e investimentos em modernização do sistema de transmissão de energia como responsáveis pelos apagões.

O assunto é particularmente espinhoso para a presidente Dilma Rousseff, que foi ministra de Minas e Energia durante parte do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Logo após o apagão no Nordeste no início de fevereiro, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou que o sistema brasileiro era robusto e moderno e que falhas eram comuns no mundo todo.

"Se o sistema fosse robusto e moderno como diz o ministro, isso não teria acontecido", diz o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), Adriano Pires.

Segundo ele, o Brasil sofre com falta de investimentos e modernização de linhas e subsestações. "O governo se concentrou em geração de energia e deixou um pouco de lado a questão da transmissão... O Brasil está com sistema fragilizado."

Para o professor da Poli-USP e ex-diretor da Petrobras Ildo Sauer, o sistema elétrico brasileiro é moderno apenas "na concepção".

"Ele não está à altura do que foi planejado e construído. Está começando a ficar como o Sistema Único de Saúde (SUS): muito bem planejado, mas quem precisa dele sente-se ameaçado", afirma.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.