Alemanha prorrogará distanciamento social até 10 de maio, diz assessor

Alemanha começou a flexibilizar o isolamento na semana passada; autoridades vão aguardar até o dia 6 de maio para avaliar novas medidas

As medidas de distanciamento social da Alemanha serão prorrogadas até 10 de maio, disse o chefe de gabinete da chanceler alemã, Angela Merkel, antes de uma reunião de alto nível nesta quinta-feira para avaliar as restrições do isolamento do coronavírus.

Helge Braun disse que Merkel e líderes de governos estaduais debaterão planos para reabrir escolas e creches e retomar eventos esportivos, mas esperarão até 6 de maio por dados sobre quais efeitos os primeiros passos de suavização do isolamento tiveram antes de voltarem a agir.

"As restrições de contatos certamente serão prorrogadas até 10 de maio por ora", disse Braun à emissora n-tv.

A Alemanha, a maior e mais importante economia da Europa, começou a afrouxar o isolamento na semana passada, quando algumas lojas tiveram permissão de reabrir contanto que mantivessem um distanciamento social rigoroso -- mas Merkel e conselheiros do governo temem que a taxa de infecção do coronavírus volte a subir.

A agência de notícias alemã DPA relatou que museus, exibições, memoriais, zoológicos e jardins botânicos poderão voltar a funcionar se cumprirem as exigências para minimizar o risco de contágio. Um fundo de 10 milhões de euro ajudará os museus a realizarem quaisquer modificações necessárias.

Não ficou claro a partir de qual data isso se aplicará, e em alguns Estados, como Berlim, zoológicos e jardins já estão abertos.

A taxa de reprodução do vírus no país está estimada atualmente em 0,76 em média, disse o Instituto de Doenças Infecciosas Robert Koch (RKI) nesta quinta-feira, menos do que a marca de 0,96 do início desta semana.

A cifra de 0,76 significa que, em média, 100 pessoas infectadas com a Covid-19 infectam outras 76 pessoas -- o que significaria que o número de infecções novas diminuiria com o tempo.

Mas o presidente do RKI, Lothar Wieler, disse em uma coletiva de imprensa: "Só posso alertá-los a todos a não relaxarem demais com este vírus, a não subestimá-lo".

"Este vírus tem uma série de características que não quero expor a ninguém -- nem a mim mesmo, nem aos meus filhos, para ser curto e grosso", acrescentou.

O número de casos confirmados de coronavírus na Alemanha aumentou em 1.478 e chegou a 159.119, mostraram dados do RKI na manhã desta quinta-feira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.