Alemanha: mais de 1.400 jovens denunciam abusos sexuais na igreja católica

Casos vieram à tona após pesquisa realizada pela por membros da instituição

Na Alemanha, mais de 1.400 jovens relataram ter sofrido abuso sexual na igreja católica. Mais de 650 membros da instituição foram acusados de cometer o crime.

As denúncias vieram à tona após uma pesquisa realizada por membros da própria igreja. O número de casos pode ser ainda maior, visto que, das 400 ordens católicas presentes no país, menos de 300 responderam à pesquisa.

Cerca de 80% das crianças e adolescentes que sofreram abuso sexual eram do sexo masculino.

Os líderes da instituição apontam para falhas no tratamento do tema. Algumas das denúncias obtidas datam das décadas de 50 e 60. Entre os suspeitos, 80% já morreram.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.