Água toma conta das ruas de Veneza e faz a festa de turistas

Uma coisa que não falta na cidade italiana é água. Especialmente agora, na época de cheias, onde as ruas praticamente se tornam rios tranquilos

São Paulo - Algo que não falta na cidade italiana de Veneza é água. Especialmente nesta época, quando começam as cheias, que ocupam praças e ruas e deixam quase toda a região embaixo d'água.

O fenômeno é conhecido como "Acqua alta" e deixa as áreas mais baixas alagadas. Para ajudar os pedestres, passagens de madeira são colocadas nas ruas para que as pessoas possam caminhar, sem recorrer aos tradicionais gondoleiros.

Mas, com toda a região inundada, não tem jeito: só resta se preparar, entrar na água e se divertir, como fizeram muitos visitantes.

A época de cheias é frequente, mas tem ocorrido de forma mais intensa e constante nos últimos anos. Cientistas afirmam que esse é um dos efeitos das mudanças climáticas, que aumentam o nível do mar e podem fazer áreas como a cidade italiana sumirem do mapa.

Antes que isso aconteça, os turistas aproveitam. Veja as imagens da invasão das águas pelas ruas de Veneza.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.