Agressor gritou que ataque era “pela Síria”, diz ministro francês

Segundo o ministro do Interior da França, o agressor portava um cartão de identificação cuja autenticidade está sendo comprovada

Paris – O homem que agrediu um policial nesta terça-feira com um martelo na praça próxima da Catedral de Notre Dame, em Paris, gritou “isto é pela Síria!” antes de lançar seu ataque, informou o ministro do Interior da França, Gerard Collomb.

O máximo responsável pela segurança pública na França disse que o agressor “se apresentava como um estudante argelino” e portava um cartão de identificação cuja autenticidade está sendo comprovada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

ATENÇÃO: Mudança na sua assinatura da revista EXAME. A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos apenas uma edição por mês. Saiba mais