Mundo

3 juízes decidirão futuro de decreto anti-imigração de Trump

A audiência ocorrerá no 9º Tribunal de Apelações dos EUA, em San Francisco, e está marcada para ter início às 21h (de Brasília)

Imigração: o decreto veta que imigrantes de sete países de maioria muçulmana entrem em solo americano (Reuters)

Imigração: o decreto veta que imigrantes de sete países de maioria muçulmana entrem em solo americano (Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 7 de fevereiro de 2017 às 16h41.

Nova York - Três juízes de apelação federais serão os responsáveis por julgar o bloqueio ao decreto assinado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que veta que imigrantes de sete países de maioria muçulmana entrem em solo americano.

A audiência ocorrerá no 9º Tribunal de Apelações dos EUA, em San Francisco, e está marcada para ter início às 21h (de Brasília).

O Departamento de Justiça pedirá aos juízes que revertam a ordem de restrição emitida pelo juiz federal James Robart, de Seattle, ao decreto de Trump. A ordem foi imposta na última sexta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Acompanhe tudo sobre:Donald TrumpEstados Unidos (EUA)Imigração

Mais de Mundo

Com esgotamento do chavismo, Maduro enfrenta desafio mais difícil nas urnas desde 2013

Dinastia Trump S.A.: Influência de família em campanha sinaliza papel central em possível governo

Após mais de 100 mortes em protestos, Bangladesh desliga internet e decreta toque de recolher

Opinião: A hegemonia do dólar deve ser terminada

Mais na Exame