• BVSP 120.061,99 pts -0,7%
  • USD R$ 5,5695 +0,0001
  • EUR R$ 6,7076 +0,0036
  • ABEV3 R$ 15,7 -0,19%
  • BBAS3 R$ 30,12 +1,69%
  • BBDC4 R$ 23,26 -1,52%
  • BRFS3 R$ 23,9 +0,13%
  • BRKM3 R$ 51,9 -1,69%
  • BRML3 R$ 9,82 +0,00%
  • BTOW3 R$ 65,89 -2,53%
  • CSAN3 R$ 92,46 +2,80%
  • ELET3 R$ 35,4 +1,03%
  • EMBR3 R$ 15,08 -2,27%
  • Petróleo US$ 64,80 -0,35%
  • Ouro US$ 1.795,10 +0,04%
  • Prata US$ 26,58 -0,24%
  • Platina US$ 1.217,50 +0,04%

Santander zera taxa de corretagem para investir no Tesouro Direto

Bancos estão correndo atrás da maioria das corretoras independentes, que já não cobravam para investir em títulos públicos

São Paulo - Depois do Itaú, agora o Santander também isentou a taxa de corretagem do Tesouro Direto para todos os clientes. Os bancos estão correndo atrás da maioria das corretoras independentes, que já não cobravam para investir em títulos públicos.

A taxa de corretagem é cobrada por algumas instituições financeiras para intermediar o investimento no Tesouro Direto. Quanto maior essa taxa, menor a rentabilidade do investidor. No site do Tesouro Direto, há uma lista de todas as corretoras e suas taxas.

Os investidores cadastrados na Santander Corretora desde 12 de setembro já não pagam pelo serviço. Agora, quem se cadastrou antes dessa data terá a taxa zerada a partir da próxima sexta-feira (21).

Segundo o banco, o investimento em títulos públicos está em suas carteiras recomendadas e é a porta de entrada para os clientes conhecerem outras alternativas de diversificação. 

No início do mês, o Santander também anunciou o fim da cobrança da taxa de carregamento nos planos de previdência privada

A isenção de taxas é uma estratégia das instituições financeiras para atrair investidores. Esses investimentos isentos podem ser a porta de entrada para outras aplicações financeiras.

 

 

 

 

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.