Qual a forma mais barata de enviar dinheiro para o exterior?

Pesquisa da Proteste compara os preços dos serviços disponíveis para fazer transferências para o exterior ou realizar pagamentos fora do Brasil

São Paulo - Se você possui parentes no exterior, costuma viajar ou está morando em outro país, esta pesquisa é para você. A associação de consumidores Proteste levantou os serviços mais baratos e seguros para enviar dinheiro para o exterior ou realizar pagamentos fora do Brasil.

A opção mais comum, cara e burocrática para fazer transferências para outro país é por Swift, quando você envia dinheiro de uma conta de um banco no Brasil para uma conta de outro banco no exterior.

Outra alternativa é enviar remessas por Western Union, quando quem está no exterior não precisa ter conta lá fora e pode resgatar o dinheiro em um local conveniado, como uma farmácia ou uma loja, em menos de 24 horas.

“Essa opção não tem burocracias, mas é só para emergências, pois seus custos também são altos”, explica a economista Veronica Dutt-Ross, pesquisadora da Proteste.

A opção menos cara e burocrática em relação aos serviços dos bancos tradicionais são as transferências online, por meio de aplicativos. Os cartões pré-pagos também se mostraram uma alternativa bastante vantajosa para manter um parente no exterior.

No entanto, a melhor opção pode variar de acordo com a situação. “Primeiro escolha a melhor modalidade para você, depois compare os preços entre as instituições”, orienta a pesquisadora.

Para enviar dinheiro por Swift, a pesquisa comparou os custos dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Citibank, Itaú e Santander. O Banco do Brasil e o Bradesco são os únicos que realizam remessas por Western Union.

O levantamento também incluiu os serviços de transferência online das startups Remessa Online e Transferwise, e os cartões pré-pagos Cash Passport, da Mastercard, Global Travel, da Visa, e Visa Travel Money, também da Visa.

É importante destacar que a transferência de dinheiro para o exterior só pode ser realizada por meio de instituições autorizadas pelo Banco Central. A instituição deve fornecer um comprovante que identifique as partes envolvidas na transação, a taxa de câmbio e os valores em moeda estrangeira e nacional.

Para manter residentes no exterior e fazer turismo, não é possível realizar transações acima de 3 mil dólares  ou valor equivalente em outra moeda.

A seguir, confira quanto custam as movimentações financeiras em cada modalidade, considerando uma taxa de câmbio de R$ 3,15, em três cenários diferentes:

Swift

Instituição Custo (mais 0,38% de IOF) Custo para enviar US$ 500 Custo para enviar US$ 1.000 Custo para enviar US$ 2.000
Banco do Brasil 2% do valor enviado (no mínimo R$ 110 e no máximo R$ 490) R$ 110,00 R$ 110,00 R$ 126,24
Itaú R$ 115,00 pela internet e R$ 215,00 pelo telefone R$ 115,00 R$ 115,00 R$ 115,00
Bradesco R$ 157,50 R$ 157,50 R$ 157,50 R$ 157,50
Santander R$ 195,00 R$ 195,00 R$ 195,00 R$ 195,00
Citibank R$ 250,00 para correntistas e R$ 400,00 para não correntistas R$ 250,00 R$ 250,00 R$ 250,00
Banrisul R$ 300,00 R$ 300,00 R$ 300,00 R$ 300,00
Caixa 0,2% do valor enviado (no mínimo R$ 750) R$ 750,00 R$ 750,00 R$ 750,00

Western Union

Instituição Custo (mais 6,38% de IOF) Custo para enviar US$ 500 Custo para enviar US$ 1.000 Custo para enviar US$ 2.000
Banco do Brasil De R$ 66,15 a R$ 337,05, conforme o valor enviado R$ 233,54 R$ 277,33 R$ 403,97
Bradesco De R$ 66,15 a R$ 337,05, conforme o valor enviado R$ 233,54 R$ 277,33 R$ 403,97

Aplicativos

Aplicativo Custo Custo para enviar US$ 500 Custo para enviar US$ 1.000 Custo para enviar US$ 2.000
Transferwise 2,5% sobre o valor enviado R$ 39,52 R$ 79,05 R$ 158,10
Remessa online Custo fixo conforme o valor enviado R$ 62,28 R$ 62,28 Sem custo

Cartões pré-pagos

Cartão pré-pago Custo Custo para enviar US$ 500 Custo para enviar US$ 1.000 Custo para enviar US$ 2.000
Cash Passport (Mastercard) 7,88 por saque R$ 7,88 R$ 15,76 R$ 31,52
Global Travel (Visa) 7,88 por saque R$ 7,88 R$ 15,76 R$ 31,52
Visa Travel Money (Visa) 8,51 por saque R$ 8,51 R$ 17,02 R$ 34,04

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.