Pix entra em operação em fase restrita nesta terça; saiba como funciona

Sistema de pagamentos e transferências instantâneas do BC vai funcionar para clientes selecionados até o dia 15, antes de ser liberado de forma ampla

Chegou o dia: o Pix, o tão aguardado sistema de pagamentos e transferências instantâneas desenvolvido pelo Banco Central, começa a funcionar nesta terça-feira, 3. De hoje até o dia 15, alguns clientes das 762 instituições inicialmente aprovadas para oferecer o serviço poderão experimentar as primeiras transações na prática.

Essa fase de operação restrita irá valer para clientes selecionados pelas instituições, que terão acesso a todas as funcionalidades do Pix, entre elas a de realizar pagamentos.

Apesar de poucos poderem enviar dinheiro, todos os clientes que possuem conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga nas instituições habilitadas poderão receber transações Pix, seja por meio da inserção manual de dados, seja pela chave Pix.

Todos os clientes também deverão ser informados sobre o período de operação restrita do Pix, inclusive com a distinção do que cada cliente (entre selecionados e não selecionados) poderá realizar, bem como os horários de funcionamento do sistema no período.

O Pix só entra em plena operação em 16 de novembro, mas as instituições poderão executar todas as funcionalidades do Pix de forma gradual, com número reduzido de usuários, para que os clientes comecem a se familiarizar com a novidade.

As transações na operação restrita serão válidas, ou seja, os recursos serão de fato movimentados entre os usuários. "Mesmo clientes que nunca ouviram falar do Pix poderão ser surpreendidos”, afirmou Breno Lobo, um dos responsáveis pela operação do Pix no Banco Central.

 (EXAME Research/Exame)

Durante a operação restrita, o Pix funcionará com horário diferenciado, conforme a grade abaixo:

• Regra geral: das 9h às 22h, inclusive finais de semana e feriado
• Nas quintas-feiras, dias 5 e 12 de novembro: das 9h às 24h
• Nas sextas-feiras, dias 6 e 13 de novembro: das 0h às 22h

Aos usuários selecionados para o período de operação restrita serão habilitadas as funcionalidades no aplicativo em que possuírem conta, na opção “Pix”.

Instruções do BC para usar o PIX Instruções do BC para usar o PIX

Instruções do BC para usar o PIX (Banco Central/Reprodução)

O cliente precisa se certificar da necessidade ou não de atualizar o aplicativo da instituição financeira ou de pagamento. Além da opção “Minhas chaves”, que já está disponível, estarão acessíveis as opções “Pagar com Pix” e “Receber com QR Code.”

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.