Pacotes de viagens ficam até 40% mais baratos na pandemia. Veja opções

Hotéis começam a reabrir este mês e viajante começa a pesquisar viagens até agosto de 2021

A pandemia reduziu drasticamente a demanda por viagens. Como consequência, os pacotes de viagens estão até 40% mais em conta em empresas como CVC, Submarino Viagens e Hurb. Os preços estão mais baixos mesmo em períodos de alta temporada como Natal e Ano Novo.

Na Hurb, uma viagem para Gramado, no Rio Grande do Sul, com passagens e três diárias, custa a partir de R$ 399 por pessoa. Antes da pandemia, custava R$ 699. Ou seja, está 40% mais baixo.

Na CVC, o preço de um pacote de seis diárias para Maceió, em Alagoas, caiu cerca de 24% em relação ao período pré-pandemia na CVC. Atualmente, o pacote sai por R$ 2,5 mil para duas pessoas.

Já um pacote para Porto, em Portugal, reduziu 23% na Submarino Viagens. Antes da pandemia, passagens e oito diárias na cidade custavam em torno de R$ 3,4 mil por pessoa. Agora, o preço reduziu para a partir de R$ 2,6 mil.

Para quem quer adquirir o pacote agora, mas realizar a viagem mais para frente e se preocupa com a evolução da pandemia, a CVC tem oferecido opções em que os fornecedores concedem a possibilidade de uma remarcação futura de forma gratuita, sem cobranças de taxas e multas. A condição, contudo, é válida para embarques até dezembro, exceto para Natal e Réveillon, para viagens dentro e fora do país.

Na Hurb, o viajante também tem a opção de remarcar a viagem gratuitamente caso ela tenha sido afetada pela pandemia de coronavírus.

Parte dos hotéis brasileiros está reabrindo a partir deste mês e setembro. A previsão é de que a rede hoteleira reabra praticamente 100% de seus hotéis, resorts e pousadas até outubro. Ao reabrirem, hotéis já repensam em fazer refeições sem sistema de buffet.

Já companhias aéreas intensificam formas de embarcar e de viajar com foco na segurança. As regiões turísticas também começam a buscar as certificações lançadas por órgãos internacionais e nacionais de segurança global.

Veja abaixo algumas opções de pacotes de viagens com preços antes e depois da pandemia:

Maceió

Operadora: CVC
Saída: 12 de outubro de 2020
Inclui: passagem aérea com saída de SP + 6 diárias de hospedagem no Comfort Hotel Maceió com café da manhã
Preço: a partir de R$ 2.547 para duas pessoas
Antes da pandemia: em torno de R$ 3.331,10 para duas pessoas
Mais informações

Orlando

Operadora: Hurb
Saída: 01/03/21 a 30/11/21, exceto o mês de julho e semanas de feriados
Inclui: aéreo + 7,11 ou 15 diárias de hospedagem com café da manhã em hotel 3 estrelas
Preço: a partir de R$ 2.259 para uma pessoa
Antes da pandemia: R$ 2.899 para uma pessoa
Mais informações

Porto

Operadora: Submarino Viagens
Saída: 28 de dezembro 2020
Inclui: passagem aérea com saída de SP + 8 diárias de hospedagem no Star Inn Porto
Preço: a partir de R$ 2.643,73 por pessoa
Antes da pandemia: em torno de R$ 3.436,85 por pessoa
Mais informações

Porto de Galinhas

Operadora: CVC
Saída: 21 de dezembro de 2020
Inclui: passagem aérea com saída de SP + 6 diárias de hospedagem na Pousada Madagascar com café da manhã
Preço: a partir de R$ 4.281 para duas pessoas
Antes da pandemia: em torno de R$ 5.505,30 para duas pessoas
Mais informações

Lisboa + Madri + Paris

Operadora: Hurb
Saída:  01/03/21 a 30/11/21, exceto o mês de julho e semanas de feriados
Inclui: aéreo + 6,9 ou 12 diárias de hospedagem com café da manhã em hotel 3 estrelas
Preço: a partir de R$ 4.199 para uma pessoa
Antes da pandemia: R$ 4.699 para uma pessoa
Mais informações

Bariloche

Operadora: Submarino Viagens
Saída: 3 de novembro de 2020
Inclui: passagem aérea com saída de SP + 7 diárias de hospedagem no Grand Hotel Bariloche com café da manhã
Preço: a partir de R$ 2.391,58 por pessoa
Antes da pandemia: em torno de R$ 3.250,05 por pessoa
Mais informações

Natal

Operadora: CVC
Saída: 28 de dezembro de 2020
Inclui: passagem aérea com saída de SP + 6 diárias de hospedagem no Happy Hotel Ponta Negra com café da manhã
Preço: a partir de R$ 4.977 para duas pessoas
Antes da pandemia: em torno de R$ 5.505,30 para duas pessoas
Mais informações

Gramado

Operadora: Hurb
Saída:  01/03/21 a 20/10/21, exceto os meses de julho, agosto e semanas de feriados
Inclui: aéreo + 3 ou 5 diárias de hospedagem com café da manhã em hotel 3 estrelas
Preço: a partir de R$ 399 para uma pessoa
Antes da pandemia: R$ 699 para uma pessoa
Mais informações

Santiago

Operadora: Submarino Viagens
Saída: 9 de outubro de 2020
Inclui: passagem aérea com saída de SP + 3 diárias de hospedagem no Hotel Brasilia com café da manhã
Preço: a partir de R$ 1.242,92 por pessoa
Antes da pandemia: em torno de R$ 1.700,80 por pessoa
Mais informações

Fortaleza

Operadora: CVC
Saída: 28 de dezembro de 2020
Inclui: passagem aérea com saída de SP + 6 diárias de hospedagem no Iracema Mar Hotel com café da manhã
Preço: a partir de R$ 4.798 para duas pessoas
Antes da pandemia: em torno de R$ 6.124,40 para duas pessoas
Mais informações

Fortaleza + Jericoacoara + Canoa Quebrada

Operadora: Hurb
Saída:  01/03/21 a 30/11/21, exceto o mês de julho e semanas de feriados
Inclui: aéreo + 8, 10 ou 12 diárias de hospedagem com café da manhã em hotel 3 estrelas
Preço: a partir de R$ 1.199 para uma pessoa
Antes da pandemia: R$ 1.399 para uma pessoa
Mais informações

Porto Seguro

Operadora: CVC
Saída: 4 de janeiro de 2021
Inclui: passagem aérea com saída de SP + 6 diárias de hospedagem no Hotel Porto Dourado com café da manhã
Preço: a partir de R$ 4.513 para duas pessoas
Antes da pandemia: em torno de R$ 5.200,90 para duas pessoas
Mais informações

O que considerar antes de tomar a decisão

Os preços levantados são válidos para viagens feitas até dezembro de 2021. Ou seja, há o risco de que uma vacina eficaz contra o coronavírus ainda não esteja sendo distribuída até a data.

Portanto, dependendo do destino, o viajante, além de correr risco de contrair o vírus, pode se deparar com pontos turísticos e parques temáticos, como os da Disney, fechados, dependendo do comportamento da pandemia daqui em diante.

É bom também estar consciente da nova regra válida para reembolsos ou eventuais cancelamentos de serviços, criada na pandemia e também válida para viagens.

A MP 948, editada em abril, liberou os prestadores de serviço da obrigação de reembolsar os valores pagos pelo consumidor, desde que assegurem a remarcação dos serviços, sem custo adicional, taxa ou multa ou, alternativamente, a disponibilização de crédito para uso ou abatimento na compra de outros serviços, reservas e eventos disponíveis na empresa, ou ainda e finalmente, outro acordo seja formalizado com o consumidor.

Somente se não houver acordo algum, a MP obriga que o fornecedor deverá restituir os valores recebidos, atualizados monetariamente pelo IPCA-E, no prazo de 12 meses, contado da data de encerramento do estado de calamidade pública.

EXAMINANDO: COMO SERÃO AS VIAGENS APÓS A PANDEMIA?

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.