Covid-19: saiba como gerar renda extra durante a quarentena

Segundo o Serasa Ensina, é possível vender serviços e produtos que podem ajudar a ter um dinheiro extra neste momento

A orientação da OMS (Organização Mundial da Saúde) para que as pessoas façam o isolamento social para evitar a propagação do novo coronavírus (covid-19) impactou financeiramente a vida de milhões de brasileiros. 

O governo já iniciou o pagamento do auxílio emergencial no valor de 600 reais para os trabalhadores informais, microempreendedores individuais e mães chefe de família. A expectativa é que 70 milhões sejam beneficiadas. 

Quem precisa aumentar a renda pode encontrar algumas soluções dentro de casa. O Serasa Ensina, braço do Serasa Consumidor, listou o que é possível fazer. Veja abaixo: 

Venda de objetos 

Separe objetos que você não utiliza e que estejam em bom estado. Anuncie em sites de vendas online, nas redes sociais (Facebook, Instagram e Whatsapp) e para os amigos próximos. 

Cozinhe e venda

Quem não sabe cozinhar ou não tem tempo devido ao ritmo puxado de trabalho mesmo dentro de casa acaba optando por pedir comida pelos aplicativos de delivery ou direto no restaurante. É uma opção que pode sair cara para o bolso e aí quem está precisando dinheiro pode entrar.  Veja qual é a sua especialidade gastronômica (doces, tortas, comida do dia a dia, bolos, pratos típicos). 

A ideia é produzir as refeições e vendê-las. Divulgue novamente nas redes sociais, grupos do condomínio, para amigos e família. É importante começar com uma quantidade mínima, conforme os pedidos forem chegando, para evitar o desperdício e prejuízo. E procure entregar perto de onde mora para não ter custos com a entrega e cobrar mais barato. Tenha cuidado ao sair de casa e cuide da sua saúde, como não entrar com sapato que foi para a rua dentro de casa, trocar a roupa ao chegar, lavar as mãos e usar máscara de proteção. Vale destacar que se na sua casa tiver caso confirmado ou suspeito de contaminação do novo coronavírus não prepare alimentos que serão consumidos por outras pessoas.

Trabalho à distância 

O período de isolamento social pode aumentar a demanda por trabalhos feitos à distância. Aproveite esse período e ocupe seu tempo para ganhar algum. Não precisa ter uma formação específica. Apenas seja bom naquilo que faz. E claro, procure oferecer algo que possa ser realizado diretamente da sua casa. Entre as possibilidades estão: artesanato; costura; elaboração de convites; aulas de idiomas aulas de reforço para as crianças que estão em férias antecipadas; edição de fotos e produção gráfica. 

Cuide do seu orçamento 

Independente da situação financeira é fundamental ter o orçamento na ponta do lápis. Corte gastos gastos desnecessários e saiba exatamente o valor que faltará para fechar as contas ao final do mês.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.