Como declaro no IR contribuições ao INSS pagas em atraso?

Especialista responde dúvida de leitor sobre a Declaração do Imposto de Renda 2018. Prazo para declarar termina na próxima segunda (30)

Pergunta do leitor: Sou um músico autônomo e sempre declaro meus rendimentos mensais recebidos de pessoa física na Declaração do Imposto de Renda, bem como os valores que recolho de INSS.

Tive rendimentos em 2017, porém não recolhi o INSS em alguns meses. Em março de 2018, recolhi os valores corrigidos. Posso declarar esses valores pagos em atraso? 

Resposta de Eduardo Costa da Silva*:

Apesar de os valores informados pertencerem ao ano de 2017, você não pode declarar a contribuição previdenciária ao INSS recolhida em atraso, em março deste ano.  

Contudo, os valores podem ser declarados na declaração de 2019, referente ao ano-base de 2018. A multa e os juros pagos não devem ser considerados para deduzir Imposto de Renda. 

*Eduardo Costa da Silva é sócio responsável pela área tributária do Godke Silva & Rocha Advogados. Formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e em Tecnologia pela FATEC-SP, possui MBA em Finanças pela FIPECAFI. Leciona matérias jurídico-empresariais em cursos de especialização e MBA.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

ATENÇÃO: Mudança na sua assinatura da revista EXAME. A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos apenas uma edição por mês. Saiba mais