• BVSP 120.061,99 pts -0,7%
  • USD R$ 5,5692 +0,0000
  • EUR R$ 6,7003 -0,0014
  • ABEV3 R$ 15,7 -0,19%
  • BBAS3 R$ 30,12 +1,69%
  • BBDC4 R$ 23,26 -1,52%
  • BRFS3 R$ 23,9 +0,13%
  • BRKM3 R$ 51,9 -1,69%
  • BRML3 R$ 9,82 +0,00%
  • BTOW3 R$ 65,89 -2,53%
  • CSAN3 R$ 92,46 +2,80%
  • ELET3 R$ 35,4 +1,03%
  • EMBR3 R$ 15,08 -2,27%
  • Petróleo US$ 65,32 -1,49%
  • Ouro US$ 1.793,30 +0,79%
  • Prata US$ 26,58 +2,72%
  • Platina US$ 1.216,60 +2,28%

As ações que pagam dividendos mais indicadas para outubro

Levantamento feito pela Exame mostra as ações mais recomendadas por 16 corretoras para este mês

As ações da Telefônica Vivo  e Taesa lideram as recomendações de corretoras para outubro entre as boas pagadoras de dividendos. Os papéis da companhia foram indicados por 8 das 16 carteiras consultadas pela EXAME

Sobre a Telefônica, os analistas destacaram a capacidade de gerar caixa da companhia mesmo em um cenário muito adverso, o que mostra que setor de telecomunicações se prova resiliente. Além disso, a venda da operação móvel da Oi, que trará mudanças importantes na dinâmica competitiva do setor, e a chegada do 5G poderão oferecer à Vivo uma oportunidade da empresa ganhar mercardo em segmentos de maior receita média por usuário.  

 

 

Em relação à Taesa, os analistas destacaram que a companhia segue focando na finalização de seus seis projetos atualmente em construção. Ademais, a gestão de crise da companhia se mostrou eficaz e os maiores efeitos da Covid-19 na empresa se limitaram a atrasos não significativos em tais projetos. 

A Taesa também anunciou a distribuição de R$ 0,64 a título de dividendo intercalar e R$0,17 de JCP a ser pago em 26 de agosto. Com o fato, o payout (porcentagem do lucro líquido distribuído) chega a 90,6% do lucro líquido ajustado.

 Veja lista completa abaixo e as recomendação de cada corretora:

Ação Recomendação
Telefonica Vivo (VIVT4) 8
Taesa (TAEE11) 8
Vale (VALE3) 6
Transmissão Paulista (TRPL4) 6
BB Seguridade (BBSE3) 5
Itaúsa (ITSA4) 5
B3 (B3SA3) 4
Itaúsa (ITSA4) 3
Engie (EGIE3) 3
Hypera (HYPE3) 2
BR Distribuidora (BRDT3) 2
EDP Brasil (ENBR3) 1
Tenda (TEND3) 1
Ecorodovias (ECOR3) 1
Banco do Brasil (BBAS3) 1
Cosan (CSAN3) 1
Cyrela (CYRE3) 1
Santander (SANB11) 1
Enauta (ENAT3) 1
Copasa (CSMG3) 1
Sanepar (SAPR4) 1
AES Tietê (TIET11) 1
Cesp (CESP6) 1

Ativa

Desempenho em setembro: -5,77%
Desempenho no ano: -32,74%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Itaú Unibanco (ITUB4) 20
Hypera Pharma (HYPE3) 20
Engie Brasil (EGIE3) 20
Telefônica Vivo (VIVT4) 20
BB Seguridade (BBSE3) 20

Ágora

Desempenho em setembro: -3,5%
Desempenho no ano: -10,1%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Itaú Unibanco (ITUB4) 20
Taesa (TAEE11) 20
Tenda (TEND3) 20
Vale (VALE3) 20
Ecorodovias (ECOR3) 20

Elite

Desempenho em setembro: -5,64%
Desempenho no ano: -24,28%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
BB Seguridade (BBSE3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20
Taesa (TAEE11) 20
Telefônica Vivo (VIVT4) 20

Guide Investimentos

Desempenho em setembro: -4,40%
Desempenho no ano: -39,97%
Ações excluídas: Petrobras Distribuidora
Ações incluídas: Cosan

Ação Peso (%)
B3 (B3SA3) 20
Cosan (CSAN3) 20
Cyrela (CYRE3) 20
Engie (EGIE3) 20
Vale (VALE3) 20

Genial

Desempenho em setembro: -7,19%
Desempenho no ano: -28,71%
Ações incluídas: Telefonica Vivo
Ações retiradas: Eletrobras.

Ação Peso (%)
BB Seguridade (BBSE3) 20
Santander (SANB11) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20
Telefônica Vivo (VIVT4) 20
Enauta (ENAT3) 20

Modalmais

Desempenho em setembro: -5,07%
Desempenho no ano: +0,23%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Itaúsa (ITSA4) 20
Banco do Brasil (BBASE3) 20
Taesa (TAEE11) 20
Petrobras Distribuidora (BRDT3) 20
Telefônica Vivo (VIVT4) 20

Mycap

Desempenho em setembro: -5,91%
Desempenho no ano: -16,53%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Itaúsa (ITSA4) 20
Telefonica Brasil (VIVT4) 20
B3 (B3SA3) 20
Cemig (CMIG4) 20
Taesa (TAEE11) 20

Necton

Desempenho em setembro: -5,60%
Desempenho no ano: -22,4%
Ações excluídas: BTG Pactual.
Ações incluídas: Engie.

Ação Peso (%)
Engie (EGIE3) 20
Porto Seguro (PSSA3) 20
Bradesco (BBDC4) 20
Vale (VALE3) 20
EDP Energias (ENBR3) 20

Nova Futura

Desempenho em setembro: -2,22%

Desempenho no ano: 9,54%

Não hove alteração na carteira.

Ação Peso (%)
BB Seguridade (BBSE3) 20
B3 (B3SA3) 20
Gerdau (GGBR4) 20
Telefonica Vivo (VIVT4) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20

Planner

Desempenho em setembro: -5,81%
Desempenho no ano: -29,22%
Ações incluídas: CCR, Hypera, Porto Seguro e Taesa.
Ações retiradas: Banco do Brasil, Copasa, Ferbasa e Vivo Telefônica.

Ação Peso (%)
CCR (CCRO3) 20
Hypera (HYPE3) 20
Direcional (DIRR3) 20
Porto Seguro (PSSA3) 20
Taesa (TAEE11) 20

Quantitas

Desempenho em setembro: -4,84%
Desempenho no ano: -22,98%
Não houve alterações na carteira.

Ação Peso (%)
Banco do Brasil (BBAS3) 20
Eletrobras (ELET6) 20
Taesa (TAEE11) 20
Itaú Unibanco (ITUB4) 20
Vale (VALE3) 20

Rico

Desempenho em setembro: -2,3%
Desempenho no ano: -28,78%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
MRV (MRVE3) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20
Copel (CPLE6) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Vale (VALE3) 20

Santander

Desempenho em setembro: -4,27%
Desempenho no ano: -31,19%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Vale (VALE3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Alupar (ALUP11) 20
Telefônica Vivo (VIVT4) 20
BB Seguridade (BBSE3) 20

Terra

Desempenho em setembro: -3,75%
Desempenho no ano: -14,38%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Bradespar (BRAP4) 20
B3 (B3SA3) 20
Banco Brasil (BBAS3) 20
Br Distribuidora (BRDT3) 20
Copasa (CSMG3) 20

Toro

Desempenho em setembro: -4,20%
Desempenho no ano: -10,8%
Ações incluída: Banco do Brasil.
Ação retirada: Itaúsa

Ação Peso (%)
Vivo Telefônica (VIVT4) 20
Sanepar (SAPR11) 20
Banco Brasil (BBAS3) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20
Taesa (TAEE11) 20

XP Investimentos

Desempenho em setembro: -2,5%
Desempenho no ano: -13,1%.
Ação incluída: EDP Brasil Ação retirada: Sanepar.

Ação Peso (%)
AES Tietê (TIET11) 20
Cesp (CESP6) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20
EDP Energias do Brasil (ENBR3) 20
Taesa (TAEE11) 20

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.