• BVSP 119.335,53 pts -0,6%
  • USD R$ 5,4459 -0,1235
  • EUR R$ 6,5429 -0,1611
  • ABEV3 R$ 15,95 +2,11%
  • BBAS3 R$ 29,74 -1,20%
  • BBDC4 R$ 23,1 -0,69%
  • BRFS3 R$ 23,26 -2,31%
  • BRKM3 R$ 50,76 -1,91%
  • BRML3 R$ 9,58 -2,44%
  • BTOW3 R$ 64,84 -1,31%
  • CSAN3 R$ 93,24 +0,70%
  • ELET3 R$ 35,55 +0,88%
  • EMBR3 R$ 15,14 +0,40%
  • Petróleo US$ 65,55 +0,80%
  • Ouro US$ 1.783,30 -0,61%
  • Prata US$ 26,19 -1,71%
  • Platina US$ 1.207,40 -0,79%

Agências registraram grandes filas no 1º dia de saque do FGTS

A procura foi grande tanto para utilizar os caixas eletrônicos, onde podem ser recebidos valores até R$ 3 mil, quanto para o atendimento pessoal

Próximo ao horário do fechamento das agências da Caixa Econômica Federal, ainda havia filas para sacar o dinheiro das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A procura era grande tanto para utilizar os caixas eletrônicos, onde podem ser recebidos valores até R$ 3 mil, quanto para o atendimento pessoal.

Em vários casos, os trabalhadores tinham dúvidas ou dificuldades para receber os valores. O auxiliar Luiz Martarelli, de 25 anos, não entendia a divergência de saldos entre o informado no site da Caixa e no terminal de auto-atendimento.

"Pelo site tinha R$ 1,5 mil e, agora, só tem R$ 80. Achei estranho", disse o rapaz, que aproveitou o horário de almoço para tentar resolver o problema em uma das agências da Avenida Paulista, região central da capital. Ele estava preocupado com a demora no atendimento. "Tenho que voltar para trabalhar", enfatizou.

A cadastradora de produtos Vanessa Alves, de 31 anos, passou boa parte da tarde tentando liberar o dinheiro a que tem direito. "Eu peguei a senha, saí, andei, comi e voltei", disse a moça que esperava há duas horas para ser atendida.

"Eu ainda estou aqui porque parece que teve um problema, o dinheiro foi e voltou", disse, sem saber explicar exatamente o que tinha acontecido e sem ter certeza se conseguiria receber os valores.

"Só espero que eu não desanime quando chegar lá na frente", acrescentou, sobre a possibilidade de não conseguir fazer o saque.

Até às 11h de hoje, a Caixa havia realizado 700 mil pagamentos nas agências, referentes a 700 mil contas inativas de 300 mil trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro.

O montante retirado já alcançou R$ 300 milhões. O prazo para retirada vai até o dia 31 de julho e permitirá que 30,2 milhões de pessoas tenham acesso a R$ 43,6 bilhões.

Amanhã (11), sábado, 1.841 agências selecionadas em todo Brasil estarão abertas para atendimento exclusivo ao saque de contas inativas, das 9h às 15h.

Pode sacar a quantia parada em contas inativas quem teve contratos de trabalho encerrados até 31 de dezembro de 2015.

Os nascidos em março, abril ou maio receberão a partir de 10 de abril. Em 12 de maio começa a liberação dos recursos de quem nasceu em junho, julho e agosto.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.