Wall Street bate recordes em meio a otimismo por acordo EUA-China

No índice Dow Jones, as maiores altas foram das ações de Apple (2,14%), Cisco (1,78%), Dow (1,65%), Goldman Sachs (1,28%)

Nova York — Wall Street começou com otimismo uma semana na qual se espera que Estados Unidos e China assinem a primeira fase do acordo comercial entre os dois países, o que levou dois de seus três principais indicadores a baterem recordes.

No caso do S&P 500, que subiu 0,7%, a nova melhor marca é de 3.288,07 pontos, e no do Nasdaq Composite, que avançou 1,07%, o recorde agora é de 9.273,93.

Já o Dow Jones Industrial fechou em alta de 0,29%, para 28.907 pontos, ficando perto do recorde de 28,956.90 estabelecido no último dia 9.

Os investidores contam as horas para quarta-feira, quando uma delegação do governo chinês estará em Washington para firmar a primeira parte do aguardado acordo comercial definido no fim do ano passado após meses de imposições tarifárias mútuas.

A retirada, por parte dos EUA, do nome da China de sua lista de países “manipuladores de divisas” foi o principal fator para o bom humor no mercado nova-iorquino hoje.

No Dow Jones, as maiores altas foram das ações de Apple (2,14%), Cisco (1,78%), Dow (1,65%), Goldman Sachs (1,28%), Nike (1,27%) e Microsoft (1,2%). As piores quedas foram de UnitedHealth (-3,14%) e Walt Disney (-0,59%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro caía para US$ 1.549,20, e o rendimento dos treasuries com vencimento em 10 anos subia para 1,842%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.