• BVSP 120.700,67 pts +0,3%
  • USD R$ 5,6166 +0,0000
  • EUR R$ 6,7133 -0,0093
  • ABEV3 R$ 15,78 -0,19%
  • BBAS3 R$ 29,6 +0,00%
  • BBDC4 R$ 25,86 +0,23%
  • BRFS3 R$ 24,25 -0,08%
  • BRKM3 R$ 48,4 +3,29%
  • BRML3 R$ 9,78 +0,72%
  • BTOW3 R$ 67,9 +1,24%
  • CSAN3 R$ 90,9 +0,82%
  • ELET3 R$ 34,19 -0,55%
  • EMBR3 R$ 15,85 -1,80%
  • Petróleo US$ 66,94 +0,19%
  • Ouro US$ 1.762,00 -0,27%
  • Prata US$ 25,86 -0,27%
  • Platina US$ 1.199,70 +0,21%

Wall St termina em alta com menor temor sobre a Coreia do Norte

O Dow Jones subiu 0,26%, a 21.865 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,08%, a 2.446 pontos, e oNasdaq avançou 0,30%, a 6.302 pontos

Os principais índices de ações dos Estados Unidos encerraram esta terça-feira em alta após se recuperar de perdas iniciais desencadeadas por receios de aumentos de hostilidades na península coreana.

O Dow Jones subiu 0,26 por cento, a 21.865 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,08 por cento, a 2.446 pontos. O Nasdaq avançou 0,30 por cento, a 6.302 pontos.

O S&P 500 chegou a cair 0,66 por cento após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, alertou que todas as opções estão na mesa para que os Estados Unidos respondam à Coreia do Norte, que disparou um míssil sobre uma ilha japonesa.

"Quando o presidente diz que 'todas as opções estão na mesa', a melhor estratégia para investidores às vezes é não fazer nada", disse Brian Jacobsen, estrategista-sênior de investimentos da Wells Fargo Funds.

Analistas de mercado ficaram aliviados com o fato de que a tensão não aumentou ainda mais, com o foco de Trump na devastação causada pela tempestade tropical Harvey, o furacão mais poderoso a atingir o Texas em 50 anos.

As ações de seguradoras caíram diante da incerteza com as responsabilidades ligadas à tempestade. Om índice de ações da indústria caiu 0,5 por cento, para o piso em dois meses.

Os ganhos do Nasdaq foram liderados pelos principais nomes, com a Apple, Alphabet, Microsoft, Facebook e Amazon, as maiores empresas americanas em valor de mercado, avançando.

A Best Buy caiu 12 por cento, após a varejista líder de eletrônicos dos EUA alertar que seu forte desempenho de vendas trimestrais não deve ser visto como novo normal.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.