Wall St fecha em alta com ações da Verizon

O Dow Jones subiu 0,31%, aos 23.430 pontos, o S&P 500 ganhou 0,13%, aos 2.582 pontos, e o Nasdaq subiu 0,12%, para 6.790 pontos

Nova York - As ações norte-americanas fecharam em alta nesta segunda-feira com os papéis da Verizon puxando o setor de telecomunicações, enquanto um acordo na indústria de semicondutores gerou alta nas ações de tecnologia.

O Dow Jones subiu 0,31 por cento, aos 23.430 pontos, o S&P 500 ganhou 0,13 por cento, aos 2.582 pontos, e o Nasdaq subiu 0,12 por cento, para 6.790 pontos.

Sem nenhum resultado importante de empresas ou indicadores econômicos previstos para esta semana, os volumes de negócios foram fracos e devem diminuir ainda mais conforme se aproxima o feriado do Dia de Ação de Graças na quinta-feira e com um mercado que operará menos horas na sexta.

O volume geral de negócios foi o menor em um mês.

As ações da Verizon impulsionaram o setor de serviços de telecomunicações do S&P 500, com um avanço de 1,7 por cento, para 46,20 dólares, depois de um relatório da Wells Fargo apontar a valorização do papel.

"Há uma recuperação em telecomunicações, que foi de longe o pior grupo neste ano", disse Eric Kuby, chefe de investimentos da North Star Investment Management Corp em Chicago.

"Há sempre a chance de algo romper a normalidade, mas há muito pouca notícia e muitas pessoas já se concentrando nos jogos de futebol americano e nos jantares com peru", disse ele se referindo a eventos tradicionais do Dia de Ação de Graças nos EUA.

As ações da fabricante de chips Cavium chegaram a atingir patamar recorde, a 84,41 dólares, depois de sua rival de maior porte Marvell anunciar que comprará a companhia por cerca de 6 bilhões de dólares. Os papéis da Cavium fecharam em alta de 10,8 por cento, a 84,02 dólares, enquanto os da Marvell subiram 6,4 por cento, para 21,59 dólares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.