Vulcabras reestreia na Bolsa com ações em queda

Follow-on da fabricante de calçados movimentou 747,5 milhões de reais

São Paulo — A Vulcabras, dona de marcas como Olympikus, Azaleia, Dijean e OLK, fez uma nova emissão de ações na Bolsa nesta quinta-feira. Na data da reestreia, que também marcou a entrada da companhia no Novo Mercado, os papéis operam em forte baixa.

As ações terminaram o dia em queda de 2,63%, negociadas a 9,62 reais.

No total, a operação movimentou 747,5 milhões de reais, com o preço dos papéis fixados em 9,50 reais.

Cerca de 547 milhões da oferta primária devem ser usados para aumentar o caixa e reduzir o endividamento de curto prazo da empresa, enquanto o restante remunerará os acionistas. Com a nova oferta, o capital da Vulcabras vai passar de 565,9 milhões de reais, para 1,14 bilhão.

A Vulcabras passou por uma enorme reestruturação nos últimos anos. Depois de alguns anos ótimos no final da última década, com faturamento e lucro crescentes, a empresa entrou em uma crise que quase a levou ao buraco.

Entre 2012 e 2014 a companhia demitiu 22.000 funcionários e teve dois anos seguidos com prejuízo líquido de mais de 300 milhões de reais. Depois das mudanças, a empresa voltou a ser lucrativa no ano passado.

Com EXAME Hoje.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.