Vale propõe R$ 25 por ação para tirar unidade de fertilizantes da bolsa

Valor representa um prêmio de 41% sobre a média dos últimos 20 pregões

São Paulo – A Vale (VALE3; VALE5) anunciou hoje que pretende adquirir até 100% das ações da subsidiária Vale Fertilizantes (FFTL3; FFTL4) em circulação do mercado e fechar o capital da empresa, revela comunicado enviado ao mercado nesta quarta-feira (22). A mineradora disse ainda que não irá listar a empresa em bolsa de valores após a operação.

A empresa pretende pagar 25 reais por ação ordinária e preferencial, o que representa um prêmio de 41% sobre o preço médio das ações preferenciais negociadas nos últimos 20 pregões. Os papéis preferenciais terminaram a sessão de hoje a 18,90 e os ordinários, que possuem baixa liquidez, a 23,50 reais.

O valor total da operação deve ficar em 2,22 bilhões de reais. A proposta da Oferta Pública de Aquisição (OPA) ainda precisa ser aprovada pelo Conselho de Administração em reunião a ser realizada em 30 de junho, quando será feito o pedido de registro da oferta na CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Em nota, a Vale afirmou que a proposta “ oferece boa oportunidade de liquidez para os acionistas minoritários da Vale Fertilizantes e está alinhada com a estratégia de maximização de valor para os acionistas da Vale ao consolidar os ativos de fertilizantes para a captura de sinergias existentes no portfólio de ativos, otimizando a estrutura de gestão do negócio e garantindo para todos os ativos e empresas os elevados padrões de governança”.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.