Taxas futuras de juros têm ligeiro viés de alta

Depois da agenda forte de ontem, quando foram divulgados a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) e dados fiscais, não há eventos de destaque previstos

São Paulo – Os juros futuros iniciaram a sessão desta sexta-feira, 30, com um ligeiro viés de alta. Há alguns ajustes de fim de mês e antes do fim de semana prolongado. 

O mercado também acompanha com atenção as oscilações do dólar no mercado de câmbio e o ganho de força da moeda depois da primeira meia hora de sessão ampliou o fôlego das taxas futuras.

Às 9h39, o contrato de DI com vencimento em janeiro de 2017 tinha taxa de 15,47%, ante 15,38% no ajuste de ontem.

O para janeiro de 2021 projetava 15,99%, de 15,95% no ajuste anterior. O dólar à vista desacelerava a queda e estava estável no horário mencionado, a R$ 3,8538.

Na abertura, foi negociado a R$ 3,8390, em baixa de 0,38%. No câmbio, a disputa pela formação da Ptax do fim de outubro gera volatilidade.

Depois da agenda forte de ontem, quando foram divulgados a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) e dados fiscais, não há eventos de destaque previstos.

Hoje, a diretoria do Banco Central está de folga, por causa do Dia do Servidor Público, que foi no dia 28.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.