Reafirmação do rating da Espanha impulsiona ações europeias

O índice FTSEurofirst 300 sobe 0,21%, aos 1.115 pontos. No final da terça-feira, a Moody's reafirmou o rating espanhol de grau de investimento

As ações europeias subiam pela terceira sessão consecutiva nesta quarta-feira, depois que a Espanha segurou sua classificação de risco, aumentando as expectativas de que a crise da dívida na zona do euro pode ser contida.

Às 8h47 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 subia 0,21 por cento, para 1.115 pontos, enquanto o índice Euro STOXX 50 da zona do euro avançava 0,45 por cento, a 2.559 pontos.

No final da terça-feira, a agência de classificação de riscos Moody’s reafirmou o rating de grau de investimento da Espanha, aliviando temores de que o país pudesse ser cortado para “junk”, apesar de ter baseado sua decisão no pressuposto de que Madri irá pedir ajuda para diminuir seus custos de empréstimo.

Apesar de a incerteza sobre quando a Espanha pedirá um resgate continuar, operadores e investidores disseram que o sentimento sobre o combate à crise da zona do euro está melhorando.

“Com tanto foco na área tóxica da Europa, se nós realmente tivermos sinais de alguma luz no fim do túnel, nós podemos nos preparar para um tom melhor”, afirmou o gerente de fundos da empresa britânica Ashburton, Richard Robinson.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.