Ranking global de 10 melhores ações de aéreas tem 9 chinesas

Elas não ficaram imunes, mas conseguiram se recuperar muito mais rápido graças ao mercado interno e à suspensão das restrições de viagem

Companhias aéreas chinesas estão em vantagem, pelo menos em relação às concorrentes mergulhadas na crise causada pela Covid. A população de 1,4 bilhão do país está ansiosa para viajar, o yuan se recupera e o petróleo está mais barato.

Um indicador da Bloomberg do setor mostra que nove das dez ações de companhias aéreas globais com melhor desempenho nos últimos três meses são chinesas. E todas, menos as ações da Air China, registram ganhos de dois dígitos. A estrangeira da lista é a InterGlobe Aviation, que opera a IndiGo, maior operadora da Índia. O melhor desempenho é o da aérea de baixo custo Spring Airlines, cujas ações subiram 22% no período.

O setor aéreo global foi abalado pela pandemia de coronavírus em meio às restrições de fronteiras sem precedentes e relutância das pessoas em viajar. A Associação de Transporte Aéreo Internacional, que representa cerca de 290 companhias aéreas, projeta que o tráfego de passageiros não retornará aos níveis pré-pandemia antes de 2024.

As aéreas chinesas não ficaram imunes à crise, mas conseguiram se recuperar muito mais rápido graças ao amplo mercado interno e à suspensão das restrições de viagem quando o surto foi controlado.

Os ganhos das ações se aceleraram neste mês, em parte devido à força do yuan. Esse fator diminui os custos de companhias aéreas com combustível e também com dívidas, algumas das quais em dólares. A recente queda do preço do petróleo também reduz as despesas com combustível, para as quais as aéreas chinesas não fazem hedge, ao contrário de muitas concorrentes.

Ainda assim, as três grandes do setor da China – Air China, China Southern Airlines e China Eastern Airlines – não devem registrar lucro no segundo semestre, de acordo com previsões de analistas compiladas pela Bloomberg. Cada uma teve perdas no primeiro semestre de mais de 8 bilhões de yuans (US$ 1,2 bilhão).

Mas o otimismo aumenta. O tráfego deve ser impulsionado pelo feriado do Dia Nacional no início de outubro. No longo prazo, os níveis de tráfego aéreo doméstico em 2021 poderiam subir 15% na comparação com 2019, de acordo com a China International Capital Corp.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.